Casamento da Andresa e do Bruno

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008


A Andresa e o Bruno foram juntos para a reunião inicial. Adorei eles de cara! Faltava um bom tempo pro casamento, cerca de 1 ano e meio.

O fato dela ser médica e morar fora do Rio deixava tudo mais difícil. Então toda sexta-feira ela vinha ao Rio e fazíamos uma maratona de reuniões. Eram reuniões animadíssimas! Ela sempre no MAIOR bom humor. A prova de cabelo e maquiagem dela teve que ser na minha casa. Ela já era local! Chegava, tirava o sapato e ficava de papo com o Marcos. Uma figura!!!

O dia do casamento foi muito divertido. Logo cedo liguei para saber se estava tudo bem e percebi a voz dela tristinha. Decidimos passar no hotel pra dar um alô. Bom, ela estava de mau com o noivo, pode uma coisa dessas? Fiz até palhaçada pra ela rir, mas não adiantou. Então, surgiu, de repente, um buque gigante de flores e tudo mudou! Era do fofo do noivo, claro! E daí em diante ela era só sorrisos.

Voamos pra igreja e logo ela chegou sorrindo de orelha a orelha! A entrada dela foi demais e eu tive, mais uma vez, que me esconder porque não consegui disfarçar a minha emoção. Da-lhe lenço! No altar todos estavam muito emocionados. A sogra dela chorava sem parar. Achei que ela ia ter um treco, mas graças a Deus era só emoção ;)

A festa foi um B-A-R-A-T-O! Ela dançou tanto, mas tanto que parecia uma pipoca! Tinham muitosss brindes: maças do amor, havaianas, copos que piscavam, máscaras, etc. Já na metade da festa, paramos o som do dj e o Cordão do Bola preta fez um "baile de carnaval" - Meninas, juro, a batida das marchinhas de carnaval é tão vibrante que o coração treme! Hahahahahaha!!!

Como tudo que é bom dura pouco, a festa tinha que terminar... E me despedi dos noivos com uma tristezinha de ver aquilo tudo acabar tão rápido. Eles são muito queridos! Que saudade!!!