Mini Casamentos

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Os mini casamentos estão com tudo. Listas enormes de convidados? Nananinanão! As noivas estão optando por fazer casamentos mais intimistas, convidando familiares e amigos bem próximos.

Dicas para fazer um mini casamento super bacana :)
  • Antes de começar. lembre-se que todo valor do casamento é calculado em cima do número de convidados. Sendo assim, quanto menor for a lista, menor será o gasto. Em mini casamentos as listas chegam no máximo a 100 pessoas. A ideia aqui é economizar.
  • Capelinhas, restaurantes charmosos, a sua casa, casas de festas pequenas e até um salão de festas bacana do prédio (mais conhecido como play) são locais que você pode fazer um mini casamento.
- Em uma capelinha que tenha um salão anexo - Se você não abre mão de casar na igreja e quer economizar, escolha uma igreja pequena. O gasto com a decoração floral será bem menor. Se a igreja tiver um salão anexo, melhor ainda! Você pode fazer a sua festa no salão.

- Em um restaurante - Com mesas, cadeiras e toalhas você nem vai precisar se preocupar. Você pode escolher 4 ou mais tipos de pratos e fazer um menu para ser colocado nas mesas dos convidados. É importante conversar sobre as bebidas. O restaurante tem bastante interesse que sejam consumidos muitos litros de bebidas em seu estabelecimento. Sendo assim, fazer um controle será fundamental para não levar um susto no final da festa.

- Em casa - Cuidado! Tem muita gente que acha que casar em casa fica mais barato. Depende muito do tipo de casamento que você pretende fazer. Se for para 20, 30 pessoas, ok. Mas para 100 pode ser que não fique tão barato assim. Além de valores gastos com buffet, mobiliários e decoração, pode ser necessário um gerador. E um gerador vai custar pelo menos R$1000,00 o que não é nada barato. A cerimônia e festa serão ao ar livre? Todo cuidado é pouco com casamentos ao ar livre. E se o tempo mudar? Alugar um toldo custa quase o preço de uma festa, sabiam? Enfim, são muitos detalhes que precisam ser vistos antes de tomar a decisão de casar em casa.

- Em casas de Festas - Se optar por casa de festas, escolha uma que já tenha um pacote com tudo que você vai precisar. O preço costuma ser bom. A vantagem é que você não vai precisar ficar pesquisando muito e a desvantagem é ter a festa amarrada ao que a casa oferece. É importante verificar todos os itens que o pacote oferece antes de fechar o contrato. Imagine na semana do seu casamento você ser surpreendida com um gasto alto que não esperava?

- No salão do prédio - Sério, eu fico impressionada com os salões de festas de prédios novos: são lindos!!! Mais bonitos que muita casa de festas que vemos por ai... Na maioria dos salões você já vai encontrar: mesas (de convidados, de centro, de doces), cadeiras, toalhas e até sofá! Bom demais! É só decorar com flores e caprichar na iluminação.
  • A decoração pode ser feita pela própria família. Uma dica bacana é usar peças da própria casa: móveis, bandejas, cristais, pratarias, etc. Fica chiquérrimo!!! E nas mesas se você não puder ter flores, velas dão um belo charme.
  • Se o casamento não for na igreja, você pode chamar um juiz de paz, um pastor ou até aquele seu amigo que fala bem a beça em público. A última opção, sem dúvida, será custo zero :)
  • Não vale a pena economizar com o buffet. Existem buffets com bons preços e comida excelente! O menu? Coquetel com mini degustação ou coquetel com massa são opções econômicas.
  • Para beber: um proseco geladinho (50 garrafas p/ 100 convidados - fazer consignação ajuda a economizar - o que não for consumido será devolvido) e cerveja que será servida pelo buffet já fica bom demais!
  • Os doces serão em poucas quantidades. Logo, escolha docinhos bem gostosos. Você também pode fazer os doces do seu casamento. Se tiver tempo e for uma mestre cuca, por que não?
  • O bolo é sempre calculado pela metade do número de convidados. Para uma festa com 100 pessoas serão de 50 a 70 fatias. Não vai ficar um absurdo de caro.
  • Uma opção de lembrança é o bem casado. Todo mundo adora!
  • Contrate um cerimonial para o dia para te ajudar em todos os detalhes. Assim você pode aproveitar bastante sem ter que se preocupar com nada.
  • A ideia é economizar, sim claro. Mas se possível procure a ajuda de um florista para que os arranjos fiquem lindos.
  • Sugestão - Não economize em três itens: fotografia, filmagem e Dj. Fotografia e filmagem fica pra vida toda! Será o registro deste dia tão especial e não vale a pena arriscar. E o dj é a alma da festa. Mesmo sendo pequena, intimista, sua festa merece ser animada.
Faça seu casamento de acordo com as suas possibilidades. Tem gente que fala que ou faz um festão ou não faz nada. Eu discordo completamente! O importante é comemorar a união de vocês com familiares e amigos de verdade. O mais importante é o que vem depois e claro: ser MUITO FELIZ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Alguém está fazendo um mini casamento? Como vocês estão fazendo?

Um beijo,
Manú