Casamento da Camille e do Paulo

domingo, 13 de junho de 2010


Conheci os noivos no ano passado. A primeira reunião foi super bacana! Que casal simpático! O papo rendeu tanto que quando olhamos no relógio, já era tarde da noite. Fico super animada quando rola essa empatia imediata :-)

O dia 11 de junho amanheceu meio chuvoso e o sol ficou escondido. Choveu, fez sol, choveu de novo e junto, um frio delicioso! Casar em junho é tudo de bom!!!

Na igreja a agitação começou depressa com padrinhos chegando antes do horário marcado, bom demais! Dentro do horário previsto, todos já estavam na sacristia, incluindo o padre. A Camille chegou linda e calma e enquanto ela esperava no carro, todo cortejo entrava. O Paulo estava ansioso pra ver a noiva e ficava lá do altar olhando fixamente para a porta da igreja. Tiramos a noiva do carro com dois guarda-chuvas enormes e segurando o vestido para que não molhasse. Eu acho um charme casar com chuva. A noiva saindo do carro com guarda-chuva, o carro com gotinhas de chuva. As fotos ficam tão charmosas!

A Camille estava linda, melhor: lindíssima! O vestido era de cintura alta, com uma saia toda em tafetá e a parte de cima toda em renda. Nas costas um laço com flores que caiam por toda saia. Pra completar o visual, uma mantilha chiquérrima. Ela estava muito feliz! O trompete anunciou que era chegada a hora! E então a marcha nupcial começou a tocar e lentamente abrimos a porta. E assim, ela começou a andar bem devagarinho para ir ao encontro do noivo.

A cerimônia do frei Brás é sempre muito bacana. Adoro o jeito descontraído dele! Os noivos curtiram muito. Na hora do juramento, os dois ficaram muito emocionados. A Camille chorava tanto, que mal conseguia repetir as palavras do padre. Tãoooooo lindo! Foi uma cerimônia perfeita!

A festa foi ótima, super animada e o mais importante foi que eles curtiram a beça!

Um beijo,
Manú