Casamento - Cumprimentos ao microfone.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Uns acham estranho, outros cafona, muitos não curtem. Mas, gostem ou não, o microfone tem sido a forma de cumprimentos mais usada nas festas de casamento. Em dez casamentos que organizo, oito são com cumprimentos ao microfone.

É fácil saber a resposta! Cumprimentar ao microfone é prático e rápido. As festas estão tão animadas e intensas, que os noivos não querem perder tempo cumprimentando todos os convidados de mesa em mesa. 

Está longe de ser cafona ouvir palavras tão incríveis de noivos apaixonados. O mais romântico foi de um noivo que surpreendeu e fez uma super declaração para a noiva. Foi lindo e uma das maiores demonstrações de amor que já vi! Ela chorava, as convidadas suspiravam e eu tentava disfarçar as minhas lágrimas!

Em outro casamento, a noiva falou dos pais com tanto amor... Ela contou histórias lindas e conseguiu falar com tanta espontaneidade que os convidados sorriam e choravam ao mesmo tempo. 

E a emoção de ver os pais falando com orgulho dos filhos? Dos avós sendo homenageados? Do melhor amigo que pega o microfone e fala com tanto carinho dos noivos? É muito bacana ver tudo isso!

Eu curto a ideia! Mas, ainda assim, acho super importante os noivos circularem pela festa - sem a obrigatoriedade de ir de mesa em mesa - cumprimentando, recebendo carinho e tirando fotos com amigos e familiares. É gostoso curtir a festa dessa forma também.

E para terminar, algumas dicas para fazer um lindo agradecimento:
  • Combinar o que será falado, quem vai falar primeiro etc.
  • Fazer o agradecimento no início da festa, antes de abrir a pista.
  • Demonstrar toda alegria que está sentindo, ser carinhoso com os convidados falando o quanto são especiais.
  • Ser o mais espontâneo possível! 
  • Não se alongar muito no discurso.
  • Evitar: falar palavrões, assuntos polêmicos ou deixar qualquer pessoa constrangida.
  • Combinar com o cerimonialista tudo que vai acontecer, desde uma surpresa até uma situação engraçada.
  • Jamais falar que não quer perder tempo indo de mesa em mesa. Fica muito grosseiro.
  • E por último: deixar esse momento o mais emocionante possível! Boa sorte :-)
O que vocês pensam sobre o assunto? curtem? não gostam da ideia? mudaram um pouco de opinião depois que leram o post? Contem tudo e claro: compartilhem ;-)

Abraços,
Manú