Casamento da Anne e do Bruno

domingo, 13 de outubro de 2013


Me encantei pela Anne no momento que a conheci! Simpática, delicada e alto astral.  Rolou uma afinidade imediata!

Os preparativos – Uma das coisas mais bacanas do meu trabalho é ter a oportunidade de conhecer famílias tão queridas como se delas eu fizesse parte. Com a família da Anne foi assim desde o primeiro momento. Os pais da Anne super carinhosos, o Bruno (noivo) um amor de pessoa. E a Anne, um doceeee de menina! Foi muito divertido preparar o casamento com eles.

O tempo passou depressa e na semana do casamento acompanhei a noiva na última prova do vestido. Foi bacana ver a alegria e brilho nos olhos da Anne enquanto desfilava pelo atelier da Carol Hungria. A mãe dela chorava emocionada e a avó admirava a neta querida. Foi tãooooo bacana!

O grande dia – O dia começou com chuva, mas logo o tempo abriu! A tarde chegou e logo estávamos na igreja. A São Francisco de Paula é linda por si só e decorada pela Roseira ficou um espetáculo. Fiquei um bom tempo admirando e sentindo o cheirinho delicioso das flores.

O noivo chegou com um alegria contagiante! O tempo passou depressa e logo a sacristia virou uma festa! Ô família animada!

Deixei o cortejo pronto e  fui ao encontro da noiva. Não perco esse momento por nada no mundo!!!! Cheguei fazendo a maior festa e Anne abriu um lindo sorriso. :-)

Estava na hora de casar! As músicas eram lindíssimas e todos ficaram bastante emocionados.

Atrás da porta, Anne e Rogério viviam momentos de muita cumplicidade, alegria e expectativa. Abrimos a porta e os dois seguiram caminhando bem devagar até o altar.

A cerimônia foi emocionante! Do encontro dos noivos no altar ao beijo apaixonado do casal. Frei Brás prendeu a atenção de todos, contou histórias, cantou e fez todo mundo rir quando pediu um beijo menos empolgado dos noivos. Ele é um barato!

A festa – A decoração de Tissi Valente deixou o MAM ainda mais elegante! Os convidados ficaram encantados! 

Os noivos chegaram e foram direto tirar fotos. Procuro sempre ficar por perto como um xerife do tempo (rs). Os fotógrafos não gostam muito, mas não tem jeito! festa de casamento é curta, passa depressa e os noivos devem aproveitar muito! Sorte que meu amigo querido Daud Pachá é prático, rápido e sempre muito simpático.

Era hora de curtir a festa! Os noivos entraram com tudo! Dançaram abraçadinhos e depois com os pais. Daí em diante foi só festa e muitaaaa animação!!!

Noite agradável, divertida, com gente bonita e educada! Amei organizar esse casamento! Foi incrível!!!!

Vou morrer de saudade dessa família querida! :-(

Beijos,
Manú