15 dicas para casar em tempos de crise

sexta-feira, 4 de março de 2016

 
Casar em tempos de crise pode parecer impossível, mas acredite, existem formas de driblar a crise e realizar o seu sonho!
O primeiro passo é saber como cada um poderá contribuir nas finanças do casamento. Você e seu noivo vão arcar com todas despesas? Os pais poderão ajudar? Conversem sobre o assunto e definam o orçamento. Desta forma vocês poderão ter uma ideia de valores e conseguirão controlar os gastos.
O Segundo passo é ser seletiva com a lista de convidados! Basicamente tudo é calculado em cima do número de convidados: buffet, bebidas, decoração, bolo, doces, bem casados… Logo, quanto menor for sua lista, menor será o seu gasto.
E o terceiro é definir o que é prioridade e o que não é na sua festa de casamento. Já tive noiva que optou pela segunda locação do vestido, pois, por ser arquiteta, a prioridade dela era ter uma decoração bacana. Outra investiu no buffet porque na família era um hobby cozinhar. É o que sempre falo: cada família tem uma história e preferências diferentes! Isso sempre tem que ser levado em consideração.
Vejam outras dicas que poderão ajudar bastante
·       São muitos fornecedores em uma festa de casamento! Portante pesquise bastante antes de fechar os contratos. O ideal é ter indicações: do cerimonial e de amigas que já casaram. Uma forma de economizar é negociar os pagamentos à vista. São bons os descontos.
·       Qual o seu critério para a escolha da data? Se puder, evite meses muito concorridos como maio e setembro. Em maio ainda tem o dia das mães que faz com que as flores fiquem mais caras.
·       Já pensou na possibilidade de casar durante a semana ou em um domingo? Sábado é sempre o dia mais concorrido e consequentemente mais caro.  
·       Casar de manhã é o máximo! Já pensou nesta possibilidade? Um casamento pela manhã pede uma decoração mais leve, não precisa ter velas e nem iluminação.
·       Para a cerimônia – escolha uma igreja menor. Assim você gastará menos com o aluguel da igreja, a decoração floral, a iluminação decorativa, a música da cerimônia (o número de músicos e instrumentos poderá ser menor) e seguranças.
·       Sabemos que aqui no Rio alguns espaços são mega concorridos e caros. Sendo assim, evite locais que cobram aluguéis super altos. Existem opções com excelente custo benefício como as capelas com salões, hotéis menores (você ainda ganha a noite de núpcias) e  clubes que concedem descontos para sócios…
·       Alguns locais permitem que o buffet seja de fora. O que é muito bom, pois você poderá degustar, ver o que mais vai agradar e claro: qual estará dentro do seu orçamento. Para o menu, escolha coquetel com mini porções. É o melhor custo benefício.
·       Que tal comprar as bebidas de amigos que já casaram? Sempre sobra! Principalmete vodka e whisky. Com certeza o preço será menor. Se não conseguir comprar desta forma, compre em consignação. Assim, o que sobrar é devolvido e você recebe boa parte do dinheiro de volta.
·       Não exagere nas quantidades. Calcule o número de doces, bolo, bem casados, chocolates, bebidas, lembranças, chinelos dentro do seu número de convidados. Sei que isso parece óbvio, mas o que mais vejo nos casamentos que organizo, é um grande exagero.
·       Faça você mesma detalhes da decoração como porta guardanapos e lembrancinhas. Já vi noiva fazendo até os sous plats! Ficaram lindos!
·       Para a decoração da festa, minha dica é aproveitar o mobiliário que o local oferece e usar mesas com toalhas. Claro, uma toalha linda de viver! Na decoração floral o uso de vasos menores, vidrinhos com poucas flores é um opção interessante, econômica e fica um charme!
·       O vestido… difícil pensar em economizar neste item, mas que tal pensar em uma segunda e até terceira locação do vestido? Esqueça qualquer superstição. Toda noiva é feliz no dia do casamento. Quanto ao sapato, selecione um que já esteja no uso – super confortável – e mande forrar com o mesmo tecido do vestido.
·       Recompra – Considere a opção de comprar itens de outras noivas: acessórios de cabelo, véu, sobra de rasteirinhas, forminhas… Já existem sites bem legais que oferecem essa opção
·       Não tenha vergonha de pedir emprestado. Uma amiga casou recentemente com um super brinco? Peça emprestado! O tio tem um carro bacana? Peça emprestado para ir para a igreja e festa!
·       Opte por um convite simples, porém chique. Na hora de orçar pergunte o preço de todos os papéis. Os preços variam muito!
·       E claro: contrate um cerimonialista! O acompanhamento de um profissional que está acostumado a lidar com essas situações certamente vai te direcionar ao melhor, com preço acessível.

Tenho certeza que vocês vão conseguir fazer um lindo casamento! O importante é comemorar a união de vocês com familiares e amigos de verdade. Curta muito sua festa! Boa sorte!